Promotoria arquiva investigação de PPP

O Estado de S. Paulo

Fausto Macedo

O Ministério Público arquivou as investigações sobre suposto pagamento de propinas na licitação bilionária da parceria público-privada (PPP) da iluminação de São Paulo. A acusação era de suposto pagamento de propinas da empresa FM Rodrigues a ex-diretora Denise Abreu, sob a condição de ser vitoriosa na licitação da iluminação.

05/fev/2019