Quantum vence PPP de iluminação

Valor Econômico

Camila Maia

A empresa catarinense Quantum desbancou concorrentes de peso como a italiana Enel X e saiu vencedora ontem da parceria público privada (PPP) de iluminação pública de Porto Alegre. O consórcio I.P. Sul, liderado pela companhia, propôs receber parcelas mensais de R$ 1,745 milhão ao longo dos 20 anos de duração do contrato, deságio de 45,64% em relação ao valor máximo mensal, de R$ 3,21 milhões. A capital gaúcha vai economizar mais de R$ 300 milhões ante o valor máximo do contrato, que era de R$ 740 milhões.

O consórcio vencedor vai modernizar 100% da rede de iluminação pública da capital gaúcha, com troca de cem mil pontos de iluminação por luminárias de LED, o que deve resultar em uma economia de 50% nos custos. A prefeitura será gestora do contrato, avaliando a performance do concessionário vencedor da disputa.

Essa foi a primeira PPP de iluminação pública realizada na B3, em São Paulo, parte de uma estratégia para aumentar a visibilidade da disputa e também dar mais segurança aos investidores.

Outro diferencial foi a participação do BNDES, que fez a modelagem da disputa com o poio técnico do consórcio liderado pela mineira Houer Modelagem de Projetos Públicos e Privados, juntamente com as empresas RSI Engenharia, Maciel Rocha Advogados e Albino Advogados Associados.

30/ago/2019